Afinal, o que é uma construção sustentável? Entenda mais!

3 minutos para ler

Estamos em uma época que se ouve falar bastante em escassez de recursos naturais. Diante disso, a sustentabilidade se tornou uma grande aliada no que diz respeito ao favorecimento do desenvolvimento social, causando o menor dano possível ao meio ambiente.

A sustentabilidade pode ser considerada como um conjunto de ações que visam a diminuição de impactos ecológicos negativos aliados a economia e bem-estar de todos os envolvidos. Nesse contexto, a construção sustentável tem se tornado cada vez mais necessária, pois é uma forma de harmonizar a construção com o ambiente natural.

A construção sustentável

O conceito de construção sustentável nada mais é que um conjunto de boas práticas que devem ser adotadas em todas as fases de uma construção, da concepção do projeto e execução da obra até o funcionamento do empreendimento. Esses bons costumes são ações baseados nos impactos econômicos, sociais e do meio ambiente.

Alguns exemplos são o gerenciamento de resíduos, os impactos na vizinhança, a escolha de materiais, o consumo de energia e o conforto do usuário final etc.

Os benefícios

São vários os benefícios de uma construção sustentável, além, é claro, de um menor impacto ecológico. Com a utilização de tecnologias e uma boa gestão é possível economizar energia, reduzir o desperdício de materiais, melhorar a eficiência na execução das tarefas, reutilizar água, entre vários outros benefícios que geram um retorno financeiro significativo.

Powered by Rock Convert

A aplicação

O primeiro passo para realizar uma construção sustentável é fazer um bom planejamento com todas as ações necessárias e ter um bom gerenciamento a fim de cumprir essas ações da melhor forma possível.

Assim, é possível mapear quais os materiais e recursos poderão ser reciclados, reutilizados ou reaproveitados como, por exemplo, utilizar água de chuva para limpeza ou irrigação; manter a obra limpa e organizada, gerando menos lixo e menor impacto ao ambiente e população; definir o uso de energia renovável; e atender critérios para certificações, valorizando o empreendimento.

Outros fatores que contribuem para uma construção ser considerada sustentável são: definição de telhado verde, a fim de ajudar a diminuir a poluição; e investir em tecnologia para diminuir o gasto de energia como, por exemplo, controle e monitoramento de ar-condicionado, garantindo que os equipamentos trabalhem de acordo com a demanda, e controle de iluminação dimerizável, aproveitando ao máximo a luz natural, aumentando a intensidade da iluminação artificial gradativamente, à medida que for necessário.

O investimento

Em um primeiro momento, uma construção sustentável pode parecer ter um gasto muito elevado em relação às construções convencionais. No entanto, a verdade é que o retorno financeiro se torna maior que o investimento, tendo em vista a valorização do imóvel, a economia de energia que, em muitos casos, “pagam” o investimento em poucos anos, entre outros fatores. Tudo isso, respeitando o meio ambiente e a sociedade.

Percebemos que, apesar do investimento inicial, uma construção sustentável gera economia na utilização de recursos e financeiramente, sem abrir mão do conforto para o usuário final, além de contribuir para a preservação do meio ambiente.

Gostou do conteúdo? Então, nos siga nas redes sociais e acompanhe muito mais!

Powered by Rock Convert
Posts relacionados