Saiba como escolher o equipamento de energia solar

7 minutos para ler

É inegável que a procura por fontes renováveis de energia tem crescido a cada ano. Com isso, também há um número cada vez maior de empresas especializadas no ramo. Se você está pensando em aderir a esse movimento sustentável, tenha em mente que saber como escolher o equipamento de energia solar é um passo essencial para o sucesso do seu projeto.

Sabendo que esse assunto gera várias dúvidas e o acesso a tecnologias desse sistema ainda é novidade no mercado, elaboramos este breve artigo para ajudar você a entender tudo que está envolvido na escolha do melhor equipamento de energia solar. Acompanhe!

Conheça a importância dos equipamentos de energia solar

Antes de saber, de fato, como escolher o equipamento de energia solar, é necessário entender a importância desse modelo de geração de energia no cenário nacional.

Um levantamento da Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (ABSOLAR), em 2018, verificou que o Brasil ultrapassou a marca de 1,5 GW energia fotovoltaica instalada e aumentou em 10 vezes o número de residências alimentadas por essa produção. Apesar do saldo positivo, o país ainda apresenta um grande potencial de crescimento na geração de energia limpa para os próximos anos.

Essa expectativa baseia-se na conscientização cada vez maior de consumidores e investidores sobre o consumo de energia no país. Apesar de racionamentos não acontecerem há muitos anos, é sabido que a grande demanda por eletricidade e a consequente exigência sobre a produção de energia faz as bandeiras tarifárias e os preços dispararem.

Nesse contexto, o surgimento de incentivos importantes, como os créditos de energia solar, tem feito com que vários tipos de consumidores — condomínios, indústrias de variados portes, universidades, centros esportivos etc — procurem equipamentos para suprir a demanda e gerar benefícios mediante as distribuidoras.

Diante desse desafio, a escolha de equipamentos de energia solar fotovoltaica de qualidade assegura excelente desempenho de várias formas: ao contribuir para a disseminação do uso de fontes limpas de energia, injetar excedentes de eletricidade na rede de distribuição da região e ainda gerar economia significativa na conta de luz a curto prazo,

Também há os equipamentos de energia solar térmica, além da elétrica, que servem para o aquecimento de água ou até ambientes. Para estes, os critérios de escolha são basicamente os mesmos, apesar das diferenças em seus componentes.

Veja como escolher o equipamento de energia solar

Para obter as vantagens da energia solar, é crucial fazer uma boa pesquisa sobre as empresas e ferramentas tecnológicas envolvidas no processo. A seguir, reunimos os principais pontos a serem considerados para entender como escolher o equipamento de energia solar.

Eficiência

Um dos critérios mais importantes é eficiência do painel no local escolhido para a instalação. Ou seja, o nível de watts (unidade que mede a potência elétrica) que será gerado por metro quadrado. Os painéis fotovoltaicos mais comuns no mercado — de silício cristalino — têm eficiência comercial de 13 a 16%. Mas, para garantir um desempenho alto, prefira os equipamentos com eficiência de 15% ou mais.

Além das placas, a eficiência dos inversores também precisa ser analisada, pois são eles que fazem a conversão da corrente contínua gerada no painel para corrente alternada, além de garantirem estabilidade e proteção ao sistema. Os inversores devem ter eficiência de 96% ou mais e apresentar um ou dois rastreadores (MPPT), equipamentos que tornam o sistema ainda mais eficiente.

Investimento

Desconfie sempre de produtos muito baratos! Por mais que a empresa ofereça ótimas especificações técnicas, o equipamento pode apresentar desempenho abaixo de esperado. Para descobrir o custo-benefício do produto, a melhor estratégia é calcular sua potência gerada em watts.

Powered by Rock Convert

Além disso, o preço final deve levar em conta vantagens do atendimento oferecido pela empresa, como o suporte técnico adequado, garantias, desempenho etc.

Marca

Há uma variedade de marcas no mercado de implantação de energia solar, mas cuidado: fornecedores que apresentam apenas especificações, sem informar a fabricante do equipamento, podem facilmente vender ferramentas de baixa qualidade como se fossem o que existem de melhor no mercado.

Durante a sua pesquisa, procure saber mais sobre os produtos que foram apresentados por cada fornecedor e as empresas: tempo de mercado, atendimento, manutenção, indicações e reclamações. O site da marca parece legítimo e confiável? Quando foi a última atualização de seu conteúdo? Quanto mais informação, melhor.

Durabilidade

Um sistema de energia solar deve durar, no mínimo, 25 a 30 anos, com garantia de pelo menos 25 anos. Na verdade, cada componente tem uma durabilidade específica: os inversores, por exemplo, duram de 3 a 5 anos, mas eles são de fácil substituição.

O ponto é que os componentes devem ser feitos com materiais de boa qualidade, e a instalação precisa ser feita de forma sistemática e completa para garantir a vida útil da tecnologia.

Qualidade

A moldura de um painel fotovoltaico é um ótimo indício de qualidade do sistema. Por exemplo, aqueles que são fabricados em alumínio conferem menor peso à estrutura e são mais duráveis. Na sua escolha, prefira os modelos cujas molduras sejam parafusadas ou soldadas, e não coladas (pois essas tendem a ser menos resistentes).

Outro indicativo importante é o backsheet ou camada interior: ali, deve existir uma película para proteger as células fotovoltaicas. Lembre-se de que a ocorrência de bolhas ou descolamentos de qualquer natureza demonstra a baixa qualidade do equipamento.

Certificação

A certificação é essencial para garantir a qualidade e segurança do sistema. A principal organização que fornece certificações e normas para sistemas fotovoltaicos é a Comissão Eletrotécnica Internacional (International Electrotechnical Commission, IEC), que analisa 18 requisitos nos seus testes, como a resistência UV (ultra-violeta) a capacidade mecânica das placas.

No Brasil, o Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (INMETRO) é o responsável pela certificação obrigatória desses equipamentos, embora vale ressaltar que os padrões de segurança utilizados nos seus testes não são totalmente alinhados às exigências internacionais da IEC.

Por isso, o recomendado é que o certificado do INMETRO não seja o suficiente ao escolher o seu equipamento de energia solar. É necessário que o produto também apresente o certificado IEC 61215 (como é chamado o certificado oficial da IEC).

Assistência

O ideal é contar com o suporte técnico adequado da empresa que comercializa o equipamento de energia solar. Ao fazer a sua avaliação, verifique se a empresa:

  • responde às perguntas de maneira satisfatória ou é evasiva?
  • realiza o atendimento (entrega e instalação) no tempo correto?
  • oferece ajuda com a documentação a ser elaborada para inclusão na rede de distribuição?
  • trabalha com funcionários próprios ou com subcontratações?
  • inclui no orçamento serviços essenciais, como conexão à rede e instalação do relógio medidor?
  • concede as garantias adequadas?
  • dispensa bom tratamento aos clientes?
  • conta com alto ou baixo registro de reclamações?

O atendimento de qualidade em projetos de energia solar, oferecidos por organizações experientes como a Moove, é um aspecto indispensável para o cliente tomar as melhores decisões e ter a segurança necessária para investir nesse projeto sustentável. Agora, você sabe como escolher o equipamento de energia solar. Portanto, fique de olho nas dicas!

Quer priorizar a segurança ao investir na geração de energia solar? Entre em contato conosco. A MOOVE carrega mais de 25 anos de experiência no segmento, sempre ajudando seus clientes em todas as etapas do projeto solar, da análise da área disponível ao monitoramento do sistema.

Powered by Rock Convert
Posts relacionados